Rio Amazonas.jpeg
kisspng-sound-wave-music-sound-wave-logo-light-neon-pub-transparent-png-2866526.png
kisspng-sound-wave-music-sound-wave-logo-light-neon-pub-transparent-png-2866526.png
kisspng-sound-wave-music-sound-wave-logo-light-neon-pub-transparent-png-2866526.png
JANGA LOGO-ai.png

VOZ DOS RIOS

REFERÊNCIAS . TRILHA SONORA

Nascente

Captação da nascente do Rio Pará em Minas Gerais. A paisagem da região é o motivo da guitarra branda, dedilhada sem palhetas. Algumas notas com efeito "ping-pong" que fazem o som sair a cada momento numa das caixas de som representam a indeterminação do fluxo da água após encontrar as pedras. Aos 1'31'' o rio encontra sua primeira queda d'água, iniciando o ritmo da música. 

 

Aguapé_no_Rio_Pará_-_panoramio.jpeg

Curva

Captação de dois trechos do Rio Juruá no Amazonas.
As curvas do rio aqui representam os passinhos do funk e o rebolado visto nos bailes. Alguns recortes de trechos do fluxo do rio criam os ritmos. O Juruá é um dos maiores afluentes do rio Amazonas, o funk é um dos maiores derivados do Samba, por isso a escolha do ritmo.  

 

 

 

 

 

Submerso

Esta captação não foi feita por mim, vem de uma expedição submarina no rio Amazonas. Como debaixo d'água quase não há sons agudos, escolhi o estilo 'lo-fi' para representar o interior do rio. As bolhas e pedras se deslocando criam o ritmo do beat. 

jurua.jpeg
42208810090_c66872a37e_z.jpeg
JANGA LOGO-ai.png