Barulhista (1981), Vive e trabalha em São Paulo.

 


Autodidata, desenvolve trabalhos no campo da música e da escrita. Artista premiado pelo trabalho na produção de trilhas sonoras originais para cinema, teatro, dança e publicidade. Indicado pelo baterista Martin Atkins como um dos mais interessantes músicos brasileiros contemporâneos.

A obra de Barulhista constrói paisagens sonoras e mentais ao longo dos discos, trilhas sonoras e textos, é um exemplo de técnica e sensibilidade deste prolífico artista, uma construção que lentamente revela nuances e desdobra-se do melancólico ao sublime. Em todas estas abordagens é perceptível uma unicidade nos conteúdos e no corpo de investigação.
 


❝De ouvidos atentos a qualquer ruído ou barulho, o músico sabe juntar sons, timbres, tons, cores e objetos cotidianos a sua leve e delicada amálgama eletrônica, que convida seu ouvinte a um passeio sonoro pelas estruturas e experimentações que nos proporciona.❞

(MonkeyBuzz - 2013)

Mantém parcerias com diversos artistas, entre eles: Grace Passô, Michelle Barreto, Odilon Esteves, J. P. Cuenca, Natasha Felix, Sérgio Pererê e Yara de Novaes.